Coaching já chega a 15% dos norte-americanos - Monitor da Educação Corporativa
Coaching já chega a 15% dos norte-americanos
E quase metade dos que foram ouvidos em 700 empresas praticam e-learning
Escritório de imprensa em conferência da ONU
A avaliação de resultados preferida é o feedback. E-learning chega a metade dos funcionários (Foto: UN Photo - Rick Bajornas)
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...Loading...
22 - set - 2014
0 Flares 0 Flares ×

Uma pesquisa divulgada pela American Management Association (AMA) detalhou a forma de investimento que as empresas fazem em seus funcionários, mais especificamente nos “individual contributors”, como são chamados nos EUA aqueles que não ocupam chefias (não são gerentes ou diretores), mas possuem expertise estratégico e relevante para o negócio.

Segundo a pesquisa, a forma de ensino mais comum praticada por esses funcionários é o “mentoring”, uma monitoria praticada internamente pelos gerentes das áreas onde estão os funcionários. É o tipo de prática pela qual passam 59% dos funcionários consultados. Quase metade deles frequentam algum programa de e-learning (49%), enquanto 38% têm acesso a programas externos de formação e 15% têm acesso a treinamento por coaching com profissional externo.

Os pesquisadores avaliam que não é simples classificar as formas de treinamento, pois trata-se de ações muito difusas e adaptadas a cada contexto. “Às vezes não é claro no que consiste o esforço de desenvolvimento”, afirma Robert G. Smith, vice-presidente sênior da AMA. “Mentoring, por exemplo, pode significar um programa estrutural e formal aplicado por um coach interno, ou simplesmente um esforço de estímulo praticado por um gerente”, diz Smith. Mas é possível perceber, prossegue Smith, que para esse tipo de funcionário sem cargo de chefia “o coaching ainda é mais uma exceção do que uma regra”.

A pesquisa também investigou como as empresas avaliam os resultados de seu investimento na formação de funcionários. Verificou que o simples feedback dos participantes é a consulta mais aplicada (46%), seguida pela avaliação da performance e do comportamento dos funcionários (37%) e avaliação das operações de negócios atribuídas as participantes (31%).

Leia mais informações sobre a pesquisa (em inglês) aqui.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
1 Comentário

Comentários

hamiltondosanjos / 29 de setembro de 2014 em 16:24

Ótima pesquisa

Deixe um comentário

Adcionar o comentário para esse post

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×